Páginas do Blog

quinta-feira, 29 de março de 2012

E você dizendo que era amor

Amar, para mim, está bem longe de declarações em redes sociais, ciúmes, presentes caros em aniversários e promessas quando não dá mais. Claro que não pensei sempre assim e precisei e preciso de vários acontecimentos para chegar onde estou querendo chegar um dia.

Não sou de amar assim, tão facilmente. Definir o que é o amor sempre foi algo complexo para mim. Eu era bem criança enquanto ficava lendo e observando o “Amar é” estampado na minha roupa de cama. Dois menininhos pelados representando o que era o amor. Eu adorava que eles eram crianças iguais a mim, peladinhos e com um ar de sacanagem enquanto falavam de amor.

Amar é muito mais do que desejar somente aquela pessoa. É entender que somos feitos de desejos, fantasias, carnes, sonhos e conseguir compartilhar novas experiências, novos sentimentos, juntos ou separados, e depois, no final se reencontrar e ver que nada mudou. É seguir juntos no mesmo objetivo com transparência, companheirismo, vontade e esforço. É ter noites quentes, é intimidade, é falta de vergonha. Amar é rir junto de besteiras, é deixar o ciúme de lado, é ser cúmplice. É querer ficar junto, mas respeitar o oculto. Amar é unir e libertar. Amar é desapego. É conversar com os olhos, é trazer a verdade, é enfrentar os obstáculos.

O amor é lindo, mas é lindo porque você tem a capacidade de amar mais de uma vez, mais de uma pessoa ao mesmo tempo e não porque são almas gêmeas. O amor é lindo porque ele está longe de ser egoísta. O amor é lindo, porque quando se ama, há respeito. O amor é lindo, porque há perdão sem pedir nada em troca.

Amar é ter os mesmos ideais.

Amar é quando a gente consegue seguir em frente, mesmo que separados, sem ofender, sem “ficar cego”.

E confundimos amor com várias outras coisas que geram sofrimento. 

E você dizendo, o tempo todo, que o contrário disso tudo era amor.


4 comentários:

  1. Mto bom o texto, Carol! Como sempre... rs
    Eu lembro dessas figurinhas! Minha tia tinha um livrinho e eu seeeempre gostava de folhear e ler tudinho... e tinha álbum, de figurinhas tbm, né?
    Mas é isso, amar é compartilhar, é a merda da intimidade (rs), é cumplicidade, é amizade. E é conseguir manter isso. E é saber respeitar qndo isso acaba e libertar a outra pessoa e a si msm pra ir em busca de um novo amor, né?
    Beijoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... acho que o amor está também principalmente nisso: sair em busca de um novo, quando um não dá certo. :)

      Excluir
  2. Amar eh nao ser babaca

    ResponderExcluir